Programa Amazônia Recicla

Desde 2006, o Banco da Amazônia realiza a coleta seletiva e destinação de material reciclável gerado pela sua atividade, expandindo a ação de reciclagem de papel iniciada em seu edifício sede. Em 2013, foram 38 unidades operacionais e 9 administrativas inseridas no que contribuiu para a limpeza urbana e redução dos lixo nas cidades onde o Banco atua, na medida em que destinou 58,4 toneladas de material coletado à 261 pessoas organizadas em 5 associações e cooperativas de catadores de material reciclado, propiciando oportunidade de trabalho e renda, além de contribuir para minimizar o problema de capacidade de suporte dos aterros sanitários e reduzir a pressão sobre os recursos naturais.


O que é: Programação de gestão ambiental, com foco na coleta seletiva de resíduos sólidos para fins de reciclagem.O Amazônia Recicla sistematiza e amplia ações isoladas de reciclagem de papel. A principal delas é a coleta e destinação para reciclagem do papel de relatório do Centro de Processamento de Dados. O seu reaproveitamento via reciclagem reduz a pressão sobre a floresta, evitando o corte de milhares de árvores e a economia de milhares de litros de água. Dentre os principais objetivos do Amazônia Recicla estão:

 

· Desenvolver com sua comunidade interna - empregados, estagiários e suas famílias - uma maior consciência ambiental, estimulando a mudança de valores e hábitos comportamentais em nossa empresa, como o trabalho em equipe, o não desperdício e o uso racional de papéis;
· Reduzir o volume de lixo gerado pelo Banco, contribuindo para a causa ambientalista, através da redução da necessidade de áreas de terra destinada aos lixões e aterros e da redução da poluição;

· Prover nova fonte de insumos e estímulos para os crescentes negócios de reciclagem na Amazônia;
Prover nova fonte de insumos e estímulos para os crescentes negócios de reciclagem na Amazônia;


· Elevar ainda mais a autoridade do Banco da Amazônia para exigir responsabilidade ambiental de seus clientes;

· Ser exemplo de responsabilidade ambiental também para instituições governamentais em toda a Amazônia;

·  Promover a consciência ambiental da comunidade amazônida em geral;

·  Agregar valor à imagem daquele que é a principal instituição financeira da Amazônia.

Como funciona: A coleta seletiva é feita nas estações de reciclagem (conjunto de quatro coletores, um para cada resíduo - papel, vidro, plástico e metal) instaladas em lugares estratégicos nos pontos de venda e no hall de cada andar do edifício-sede em Belém. Nas estações de trabalho, há coletores azuis específicos para o papel consumido individualmente pelos empregados.

As lixeiras convencionais são utilizadas apenas para o restante do lixo, restos de comida, chiclete, canetas vazias, pontas de lápis, grampos usados, disquetes, cds, etiquetas e todos os papéis não recicláveis tais como papel vegetal, papel carbono, papel toalha, papel de bom-bom papel metalizado, plastificado, higiênico, parafinado, fotografias, espirais e fitas adesivas. 

De 2006 à 2013, o Programa Amazônia Recicla totaliza a destinação de 490 toneladas de material para reciclagem, cumprindo com a responsabilidade ambiental do Banco, ao reduzir a pressão sobre a capacidade de suporte dos aterros sanitários, bem como diminuindo a demanda por recursos naturais.

Prêmio A3P

Em 2010, o Programa Amazônia Recicla foi o vencedor do “Prêmio Melhores Práticas da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P)”, na categoria de Gestão de Resíduos. O certame realizado pelo MMA, por meio da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental, do Departamento de Cidadania e Responsabilidade Socioambiental e do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P, foi disputado por 11 finalistas das categorias Gestão de Resíduos, Uso Sustentável dos Recursos Naturais e Inovação na Gestão.