BNDES – PROGEREN                                                                                                                                                   

Financiar capital de giro, visando o aumento da produção, emprego e massa salarial.

Classificação de Porte

O porte do beneficiário será classificado pela receita operacional bruta anual no ano-calendário, de acordo com a tabela a seguir:

Porte

Micro

Pequeno

Médio

Grande

Receita Operacional Bruta Anual Prevista (em R$1,00)

Até 1.200.000

Acima de 1.200.000 até 10.500.000

Acima de 10.500.000 até 60.000.000

Acima de 60.000.000

 

Notas:

  • Considera-se receita operacional bruta anual, a receita auferida no ano-calendário com o produto da venda de bens e serviços nas operações de conta própria, o preço dos serviços prestados e o resultado nas operações em conta alheia, não incluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos.
  • Caso o início das atividades da empresa ocorra no próprio ano-calendário, os limites acima definidos serão proporcionais ao número de meses em que a pessoa jurídica houver exercido a atividade, desconsideradas as frações de meses.
  • Nos casos de empresas em implantação, será considerada a projeção anual de receita utilizada no empreendimento, levando-se em conta a capacidade total instalada.
  • Quando a empresa for controlada por outra empresa ou pertencer a um grupo econômico, a classificação de porte se dará em função da receita operacional bruta consolidada do grupo.


Limites Financeiros

Até 20% (vinte por cento) da ROB, limitado a R$ 50 milhões por Beneficiária, a cada período de 12 (doze) meses.

Para cálculo do limite de 20% no âmbito do BNDES Progeren, será considerada a ROB anual (ou anualizada, na hipótese de início de atividades no próprio ano calendário) da Beneficiária, não sendo considerada a ROB consolidada do Grupo Econômico.

Encargos Financeiros

Os encargos financeiros serão definidos em função do somatório do custo financeiro, remuneração básica do BNDES, taxa de intermediação financeira do BNDES e remuneração do Banco da Amazônia.
 

Prazo para pagamento

  • Até 72 (setenta e dois) meses, para os seguintes itens novos: tratores, implementos e equipamentos para preparo, secagem e beneficiamento de café.
  • Até 96 (noventa e seis) meses, para os seguintes itens novos: colheitadeiras; e colheitadeiras e sua plataforma de corte, quando faturadas em conjunto.


Garantias

Os tipos de garantias aceitas pelo Banco são a alienação fiduciária, a hipoteca, penhor e aval. 

Para mais informações, fale conosco.