Grandes Empresas

BNDES PSI

Beneficiárias


• Sociedades nacionais e estrangeiras, cooperativas, associações e fundações, com sede e administração no Brasil;

• Empresários individuais inscritos no CNPJ;

• Pessoas Jurídicas de Direito Público;

• Associações, sindicatos, cooperativas, condomínios e assemelhados que exerçam atividades produtivas, e clubes.

Finalidades

a) Financiar a produção e a aquisição de:

1. Ônibus, chassis e carrocerias para ônibus, caminhões, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semi-reboques, chassis e carrocerias para caminhões, aí incluídos semi-reboques tipo dolly e afins, carros-fortes e equipamentos especiais adaptáveis a chassis, tais como plataformas, guindastes, betoneiras, compactadores de lixo e tanques, novos, devidamente registrados no órgão de trânsito competente;

2. Demais máquinas e equipamentos novos, inclusive agrícolas, aí incluídos conjuntos e sistemas industriais, máquinas-ferramenta, embarcações, aeronaves, vagões e locomotivas ferroviários e metroviários, tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas e máquinas rodoviárias e equipamentos para pavimentação;

b) Financiar o capital de giro associado à aquisição isolada de máquinas e equipamentos nacionais novos, em operações realizadas com micro, pequenas e médias empresas.

Notas: O financiamento a capital de giro associado não se aplica:

• Aos bens de que trata o item a.1;

• À aquisição de máquinas rodoviárias e equipamentos para pavimentação, máquinas e implementos agrícolas;

• Às operações de empresas locadoras de equipamentos;

• Às operações destinadas ao arrendamento mercantil dos bens financiados;

• Ao setor de serviços; e

• Às operações realizadas nas modalidades Financiamento à Produção de Máquinas e Equipamentos e Financiamento à Fabricante para a Comercialização.

Nível de Participação

• Micro, Pequenas e Médias Empresas:

Até 100% dos itens financiados, ressalvadas as operações de financiamento à aquisição de aeronaves executivas e comerciais, cuja participação será de até 85%.

• Grandes Empresas:

Até 80% do valor dos itens financiados, com as seguintes exceções:

• Aquisição de bens de informática e automação, abarcados pela Lei nº 8.248/1991 (Lei de Informática e Automação), de 23.10.1991, e alterações posteriores, que cumpram o Processo Produtivo Básico (PPB) e que possuam tecnologia nacional, o percentual de participação será de até 100% do valor dos referidos bens.

• O nível de participação poderá ser ampliado em até 20% ou, no caso de financiamento à aquisição aeronaves executivas e comerciais, em até 5%.

Notas:

• Considera-se receita operacional bruta anual, a receita auferida no ano-calendário com o produto da venda de bens e serviços nas operações de conta própria, o preço dos serviços prestados e o resultado nas operações em conta alheia, não incluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos.

• Caso o início das atividades da empresa ocorra no próprio ano-calendário, os limites acima definidos serão proporcionais ao número de meses em que a pessoa jurídica houver exercido a atividade, desconsideradas as frações de meses.

• Nos casos de empresas em implantação, será considerada a projeção anual de receita utilizada no empreendimento, levando-se em conta a capacidade total instalada.

• Quando a empresa for controlada por outra empresa ou pertencer a um grupo econômico, a classificação de porte se dará em função da receita operacional bruta consolidada do grupo.

Limites Financeiros

Até 20% (vinte por cento) da ROB, limitado a R$ 50 milhões por Beneficiária, a cada período de 12 (doze) meses.

Para cálculo do limite de 20% no âmbito do BNDES Progeren, será considerada a ROB anual (ou anualizada, na hipótese de início de atividades no próprio ano calendário) da Beneficiária, não sendo considerada a ROB consolidada do Grupo Econômico.

Prazo para pagamento

a) Para os bens do item a.1: até 96 meses, incluído o prazo de carência, de 3 ou 6 meses;

b) Para os bens do item a.2: até 120 meses, incluído o prazo de carência, de no mínimo 3 e no máximo 24 meses.

Notas:

• Nas operações de financiamento de bens do item a.2 cujo valor seja superior a R$100 milhões e destinadas à aquisição de bens de capital, inclusive de embarcações de apoio, pelos setores portuários, de petróleo e gás, de energia elétrica, de transporte metroviário e de transportes ferroviário e marítimo de carga, o prazo de carência será de no mínimo 3 e no máximo 36 meses.

• No financiamento à aquisição de aeronaves executivas e comerciais, a primeira amortização do principal será fixada até o 6º mês após a liberação dos recursos.

Garantias

Os tipos de garantias aceitas pelo Banco são a alienação fiduciária, a hipoteca, penhor e aval. Para mais informações Fale Conosco.