Banco da Amazônia promove vernissage do III Salão Xumucuís de arte digital

Com o tema "Mídias selvagens", a terceira edição do Salão Xumucuís de Arte Digital foi aberta ao público no dia 8/5/2014 e segue até o dia 13 de junho, no Espaço Cultural Banco da Amazônia, localizado na Avenida Presidente Vargas. A coordenação geral do projeto é da artista visual Deyse Marinho e a curadoria do artista visual Ramiro Quaresma.

Iniciativa pioneira na região, o Salão Xumucuís de Arte Digital foi contemplado pelo prêmio Banco da Amazônia de Artes Visuais 2014. A mostra tem por objetivo principal valorizar e divulgar a arte digital e suas vertentes, propondo um diálogo de espaço e tempo amazônicos e seus aspectos sócio-culturais e ecológicos, resgatando, sob uma nova ótica, as manifestações folclóricas e o patrimônio histórico e artístico da região, fomentando a geração de emprego e renda e direcionando o desenvolvimento regional de forma sustentável.

Apresentando a interface entre arte e tecnologia, com obras em videoarte, cyberarte, gravura digital, projeções, instalações e perfomances de mais de 60 artistas de toda a região amazônica, a programação conta com exposição, palestras, mini-curso e visitas monitoras de escolas da rede pública da Região Metropolitana de Belém.

Participam da mostra os artistas selecionados Ednaldo Britto, Marcílio Costa, Evna Moura, Henrique Figueira, Hugo Nascimento, John Fletcher, Leonardo Venturieri, Matheus Aguiar, Lou Amancio, Melissa Barbery, Vanja Von Seck e os artistas convidados Alfaquebec, Leo Bitar, Aníbal Turenko, Flávio Nassar e Rodrigo Barata. O Espaço Cultural Banco da Amazônia funciona no horário de 10h às 16h e a entrada é gratuita.

Serviço: III Salão Xumucuís de Arte Digital - Mídias Selvagens
Local: Espaço Cultural Banco da Amazônia, Avenida Presidente Vargas, 800.
Período de visitação ao público: do dia 8 de maio (vernissage) ao dia 13 de junho de 2014