Banco da Amazônia homenageia o professor Armando Dias Mendes

O Banco da Amazônia prossegue com as comemorações alusivas aos seus 72 anos, completados nesta quarta-feira, dia 9 de julho. Hoje (10) ocorre programação cultural no teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, a partir das 20 horas. Na abertura do evento haverá apresentação do Coral Vozes da Amazônia, formado por empregados da ativa e aposentados da Instituição. Em seguida, a diretoria executiva do Banco fará uma homenagem póstuma ao saudoso professor Armando Dias Mendes, que ocupou a presidência da Instituição entre maio de 1964 e fevereiro de 1967.

O professor Armando Dias Mendes, falecido em 15 de junho de 2012, também foi reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA) e um dos responsáveis pela criação do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA). Foi durante a sua gestão, no ano de 1966, que o então Banco de Crédito da Amazônia passou a ser denominado Banco da Amazônia, hoje a principal Instituição financeira da Região, respondendo por mais de 60% dos créditos de estímulo à produção e ao desenvolvimento local, atualmente se fazendo presente em todos os municípios do Norte do país. Representando a família Mendes na homenagem estará o filho do professor, o jornalista e publicitário Antonio Daniel Nobre Mendes. Para encerrar a programação, haverá show com a cantora Luiza Possi, que apresentará o show "Sobre o Amor e o Tempo".

Na sexta-feira, dia 11, o Banco da Amazônia promove o espetáculo "Reprises", dos Palhaços Trovadores e, no sábado (12) haverá uma manhã festiva no Bancrévea para os colaboradores e seus convidados. O espetáculo "Reprises" será aberto ao público. Para participar, basta trocar o ingresso por dois quilos de alimentos não-perecíveis. A troca pode ser feita na sede do Banco, na Avenida Presidente Vargas, nº 800, até está sexta-feira ou até o término dos ingressos. O espetáculo será apresentado às 18h, no auditório Rio Amazonas, na Matriz do Banco.