Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente seguem com inscrições abertas

Os Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente seguem com as inscrições abertas. Os interessados têm até o próximo dia 28 de agosto para apresentar seus projetos e concorrer nos certames. No total serão distribuídos cerca de R$ 125 mil em prêmios em todas as categorias.

Constituídos pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e Banco da Amazônia e unificados em 2009, os prêmios foram criados para promover a reflexão e propor ações sobre as perspectivas econômicas, científicas, tecnológicas, ambientais, sociais e de empreendedorismo para o desenvolvimento sustentável da Região Amazônica.

As categorias do prêmio Professor Samuel Benchimol são três: Projetos de Natureza Ambiental, Projetos de Natureza Econômico-Tecnológica e Projetos de Natureza Social, além do reconhecimento a personalidades que contribuem para o desenvolvimento da região. Já o prêmio Banco da Amazônia abrange duas categorias: Economia Criativa e Economia Verde, além do reconhecimento da Empresa Amazônia e de um microempreendedor de sucesso, com o prêmio Florescer.

Mais importantes prêmios de estímulo à produção de estudos e ideias em prol do desenvolvimento da região, os prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente receberam, no ano passado, 277 inscrições e premiaram 18 projetos.

Os certames já estão sendo divulgados nos Estados. O julgamento dos projetos apresentados ocorrerá dia 29 de setembro e a premiação está prevista para 28 de outubro. Este ano, serão homenageados por ocasião da premiação os 400 anos do município de Belém e os 150 anos do Museu Goeldi, comemorados este ano. Haverá, ainda, menção honrosa aos 40 anos do Fundo de Amparo ao Trabalhador do Ministério do Trabalho e Emprego e os 15 anos do Comitê de Entidades no Combate à Fome e Pela Vida no Estado do Pará (Coep). Mais informações sobre os prêmios podem ser obtidas no site www.amazonia.ibict.br.