18/04/2017 - Fotógrafo José Medeiros abre exposição “Já Fui Floresta”

Mostra conta com apoio do Banco da Amazônia e aborda a relação dos índios com o mundo globalizado

“Já Fui Floresta” é a nova exposição do fotógrafo José Medeiros, que será aberta amanhã (18), no Espaço Cultural do Banco da Amazônia, a partir das 18h30. A mostra destaca a natureza e sua riqueza, vividas por indígenas quando percorrem a densa mata do território de suas aldeias.

Para José Medeiros, a exposição vai além de fotografias do cotidiano dos indígenas de diversas etnias. “Já Fui Floresta apresenta ao público registros únicos, não apenas pela singularidade das imagens, mas, principalmente, por retratar hábitos que não se repetirão. Hábitos que se restringiam ao dia-a-dia de indígenas que perderam as benesses da vida em meio à natureza e hoje vivenciam os conflitos do contato com o homem da cidade”, ressalta o artista. 

A mostra aborda o passado e utiliza a exposição daquilo que era rotineiro na existência dos índios para apresentar o degradante panorama que hoje eles vivem. Tendo como propósito conduzir o homem que reside nas cidades a repensar suas ações e se questionar sobre sua participação nesse processo e o que poderia fazer para oportunizar um futuro diferente para os indígenas.

Guy Veloso, que assina a curadoria desta exposição, dimensiona a dualidade de sensações que a as fotografias proporcionam. “Na exposição Já fui Floresta, a estética dialoga com a temática de uma forma proporcionalmente inversa. Enquanto as fotografias trazem um fascínio quase místico aos olhos, o assunto escolhido pelo fotógrafo carrega o peso da morte. José Medeiros traz aqui indígenas de regiões e etnias diferentes com algo em comum: suicídio, prostituição, drogas, fome, doenças e alcoolismo,” destacou.

 

Sobre o fotógrafo

Nascido em Mato Grosso, José Medeiros começou a fotografar aos 16 anos de idade. Sempre demonstrou profundo interesse em manifestações culturais e desenvolve trabalhos com questões indígenas há mais de duas décadas. Sua missão fotográfica e antropológica, marcada sempre pela postura questionadora e polêmica, convidando a refletir sobre as questões existenciais humanas.

Sobre o apoio oferecido pelo Banco da Amazônia, Medeiros destaca a relevância da Instituição em colaborar para que o público tenha acesso a projetos como este. “Faz-se necessário atingir um número significativo de pessoas e é o apoio do Banco que viabiliza essa exposição e permite a difusão desse projeto tornando-o próximo do público”, explicou o fotógrafo.

Serviço:

Exposição Fotográfica “Já Fui Floresta”

Abertura: 18 de abril, às 18h30

Local: Espaço Cultural Banco da Amazônia, Av. Presidente Vargas Nº 800, Belém - PA

Visitação: 18 de Abril a 16 de Junho

Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. /José Medeiros (65) 99607- 1995

Guy Veloso (91) 98112-96 73

--