Competências

 

Órgãos de gestão estratégica

O nível estratégico é o mais elevado da hierarquia, onde são decididos, dentre outros, os objetivos globais da empresa e a estratégia empresarial. Compõem essa estrutura:

- Assembleia Geral de AcionistasÓrgão soberano do Banco da Amazônia que reuni os acionistas para leitura, discussão e aprovação dos resultados da empresa, além de deliberar sobre quaisquer outras matérias de sua competência. A Assembleia também é responsável pela eleição dos membros do Conselho Fiscal e do Conselho de Administração. A assembleia pode ser ordinária ou extraordinária, sendo convocada e instalada na forma da lei e do Estatuto Social do Banco da Amazônia.

- Conselho de AdministraçãoÉ o órgão de deliberação e orientação superior do Banco da Amazônia, responsável pela definição das diretrizes e políticas a serem observadas pela empresa. O Conselho de Administração é composto por sete membros titulares, todos eleitos pela Assembleia Geral de Acionistas, sendo: três indicados pelo Ministro de Estado da Fazenda; um indicado pelo Ministro de Estado do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; um representante dos empregados e um representante dos acionistas minoritários. O Presidente do Banco integra também o Conselho de Administração, não podendo exercer, mesmo que interinamente, a Presidência do Colegiado.

- Diretoria ExecutivaA Diretoria Executiva é o órgão responsável pela administração do Banco da Amazônia, composta por um Presidente e cinco Diretores, todos eleitos pelo Conselho de Administração. Os poderes conferidos pelo Estatuto ao Presidente e aos Diretores, em conjunto ou de per si, são exercidos diretamente ou por intermédio dos órgãos integrantes da Estrutura Organizacional, cabendo-lhe cumprir as disposições do Estatuto Social e as deliberações do Conselho de Administração.

- Secretaria ExecutivaA Secretaria Executiva do Banco da Amazônia atua como secretaria de governança, cabendo-lhe prestar apoio direto a todas as atividades relacionadas ao funcionamento do sistema de governança, atuando como facilitador e orientando o alinhamento da governança da empresa. Além disso, presta assessoramento os órgãos superiores e gerenciar o fluxo de informações, mantendo foco nas diretrizes estabelecidas.

- Conselhos superiores tem como principal atribuição auxiliar o Conselho de Administração na tomada de decisão por meio de análise e manifestação especializada sobre os assuntos de sua competência. São comitês superiores: Comitê de Elegibilidade, Comitê de Remuneração, Comitê de Riscos e de Capital e Comitê de Governança, Crédito e Sustentabilidade.

 

Órgãos de fiscalização e controle

- Conselho Fiscal é uma estrutura independente do Banco da Amazônia que presta assessoramento aos acionistas da empresa, para assegurar a fiscalização dos atos de gestão administrativa, tendo como principal responsabilidade examinar e manifestar-se acerca das demonstrações financeiras e contábeis, bem como das contas e dos demais aspectos econômicos e financeiros.

- Comitê de Auditoria é um órgão que tem por finalidade assessorar o Conselho de Administração no exercício de suas funções de auditoria e fiscalização.

- Auditoria Interna é responsável por revisar de modo sistemático e eficiente as atividades da empresa e contribuir para seu aprimoramento por meio de avaliação de riscos e auditagem de processos, além de certificar o ambiente de controle interno, comunicando sua avaliação e recomendando ações corretivas ou de melhoria para que a administração as considere e implemente.

- Auditoria Externa tem a responsabilidade técnica de avaliar a gestão econômico-financeira e sua fiel retratação na contabilidade e nas demonstrações contábeis.

- Ouvidoria é um canal de comunicação e de relacionamento do Banco com o cidadão.

 

Unidades organiacionais táticas e operacionais

- Gerências Executivas são unidades táticas do Banco da Amazônia, responsáveis por implementar as deliberações dos órgãos estratégicos e por coordenar as unidades operacionais.

- Centrais de Crédito e de Cadastro, Superintendências Regionais e Rede de Atendimento são responsáveis pela execução dos processos produtivos, sempre seguindo as diretrizes estabelecidas no nível tático.

Necessário observar que o Banco da Amazônia dispõe de diversos comitês, na Direção Geral e na Rede de Atendimento, os quais têm por finalidade básica assessorar os órgãos da Alta Administração e participar do processo decisório.